Caminhando!



Ainda estou passando pela crise das férias, tudo está andando de maneira lenta, não me acostumei com os horários, com os trabalhos, com as pessoas. Mas estou ligeiramente feliz, e isto é culpa do verão, que me deixa, mesmo nos piores dias, bem comigo e com os meus pensamentos.

Finalmente terminei a leitura de O Diabo veste Prada (recomendado), depois de quase 6 meses, e foi um dos melhores livros que já li, e agora na sequência iniciei a leitura de A casa de André Vianco, é que promete ser uma boa leitura, vamos ver ou ler no que dá.

O site da Munhoz Extintores já está no ar, só precisa de alguns ajustes, e darei início ao desenvolvimento do novo site do Alegrai - A festa que terá sua nova edição em agosto deste ano.

Ah! E não esquecendo, também estou
lendo
ouvindo (isso mesmo, ouvindo) o livro Cartas entre amigos de Gabriel Chalita e Pe. Fábio de Melo, e estou gostando muito, muita coisa toca fundo, pois o livro fala sobre os nossos medos contemporâneos. E na carta 5 gostaria de ressaltar um parágrafo:

"Amigos são assim. Os verdadeiros. É preciso desconfiar das amizades que surgem fogosas, atabalhoadas; amizades invasivas, dominadoras. É preciso desconfiar também das amizades interesseiras ou daquelas que visam apenas o prazer que podemos proporcionar. Elas nascem mortas e com o tempo agridem pelo odor desagradável que exalam. Amigos são o que são pela leveza da obrigação do encontro." - Gabriel Chalita.

Forte não?

E assim meus dias vão caminhando, ao lados dos amigos, dos amores, da vida...
Foto: Ronaldo Santos

0 comentários:

Postar um comentário

Não se intimide... comente!
Tenha sua identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade.