Dom!

Dom é coisa que se tem, mesmo que escondido por muito tempo um dia ele aparece. É como colocar um passarinho desde o nascimento em uma gaiola afastando de todos outros e de todos os sons, um dia, como por milagre ele começa a cantar.

Não dá pra esconder o que somos, nem o que gostamos de fazer, mesmo que nos proíbam, que não gostem do que fazemos, ou que não gostem da gente. Nosso dom vai está sempre aqui. Uma hora ou outra encontraremos outras formas de nos expressar, nem que seja preciso sair de perto dos que gostamos.

A vida é realmente complicada em sentido as pessoas, viver sozinho é muito ruim, mas viver na falsidade é muito pior. Não somos como as aves que voam livres pelo céu, temos nossos pés no chão, presos a nossa verdadeira realidade: o dia-a-dia. Encara-lo de forma verdadeira é sinal de perder muito, mas nesse muito sempre restam alguns, e é nesse algum que sabemos realmente com quem podemos contar, quem abraça junto com a gente.

Como a ave que encontra seu bando, também somo nós na busca constante da sincera amizade.

E vamos vivendo assim o nosso dom, seja ele qual for e como for, aprimorando a cada dia que passa.

3 comentários:

  1. É Ro...é complicado, principalmente quando somos aves em busca da verdadeira e sincera amizade! É nessa hora, na hora de mais dificuldade, que vemos quem realemnte nos apoia e nos admira, independentimente de como somos ou agimos! Fazer o que! o mundo é assim...as pessoas são assim!
    Mas blzinha...Apenas o verdadeiro mestre irá nos mostrar a verdade: O TEMPO.
    Um abração!

    ResponderExcluir
  2. Edgar Borges06/09/2005 09:54

    tava falando sobre dons com minha namorada no sábado. naõ adianta vc ter um talento especial se não se faz nada com ele. além da inspiração, deve haver transpiração. Ou não? hehehe
    abraços nortistas.
    (pelo amor de deus, verificação de palavras estilo navblog uol, não!!!)

    ResponderExcluir
  3. É...eu ainda estou em busca de muita coisa.
    Preciso aprender a ter paciência...

    E eu gostava de TV cultura quando era criança...

    ResponderExcluir

Não se intimide... comente!
Tenha sua identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade.