A luta contra a inocência!

Ela se levantou pela manhã, tomou banho e se arrumou, passou até perfume, lembrando do convite, do combinado de ontem, estava com medo, mas mesmo assim sorriu. Deu um beijo na mãe, e saiu em direção à escola, no caminho avistou o carro daquele homem alto, bonito, e... que tinha carro, e que lhe prometera uma porção de coisas, parou ao lado da porta, tremendo, a porta se abriu, entrou, e o carro partiu. No horário em que as crianças estão saindo da escola, o carro voltou ao mesmo local, ela saiu, com dores, e com a inocência perdida, mas trazia na mão uma linda boneca, com a qual havia sempre sonhado, mas sua família não podia comprar.

Chegando em casa a mãe pergunta:

- Onde conseguiu essa boneca?

- Uma amiga da escola me deu. – Respondeu com medo de outra pergunta. E a mãe:

- Ah ta! Então guarda ela no seu quarto e vem almoçar, que já está pronto.

E assim foi acontecendo, pelo menos uma vez por semana a pequena chegava em casa com um presente, e sempre a mesma desculpa era dada, e sua mãe não se preocupava.
Um dia assistindo TV na sala, a mãe da pequena coloca as mãos sobre os olhos dela e diz:

- Menina! Não olha. Isso não é coisa pra criança da sua idade!
Com um sorriso no canto da boca ela pensa: “Já vi coisas piores!” – E assim sua vida continua.

Contra a pedofilia, em defesa da inocência!

Essa é a blogagem coletiva do dia de hoje, não podemos ficar parados, assistindo como se fosse uma novela, sofrendo junto, se preocupando, se indignando, olhando tudo, e não fazendo nada.

Coloque a boca no trombone, grite, denuncie.

Do blog da Luma:

“Os pais devem observar em seus filhos mudanças no comportamento e conversar sobre os motivos que estão lhe afligindo. Pode ser algo temporário, pequeno, mas e se o comportamento persistir? Mudanças de humor, insônia, inapetência ou mesmo quando choram por qualquer coisa. Vejo muitos pais taxarem seus filhos de birrentos, sem ao menos investigarem os motivos. Diálogo é tudo!

Entre as características gerais de um pedófilo, estão homens integrados à sociedade, cordiais, sedutores e confiáveis. Adoram contar histórias, têm paciência e pessoalmente tornam-se importantes na vida da criança. Elas não sabem que o perigo as rondam.

Acreditar que o pedófilo é um marginal obscuro, que sofre de transtornos sexuais na solidão, não é exata. Acreditar na figura clássica do "tarado" não cabe aqui. Se a sociedade não compreender corretamente o problema e atentar para o fenômeno da pornografia infantil e suas conseqüências, não haverão chances de combate.

É nessa hora que entra o papel dos pais, desde a tenra idade não estimulando a erotização de suas crianças. Afastem revistas censuradas, programas de tv impróprios e conversas adultas do cenário infantil. Seu pirralho não vai virar um bestinha, porque deixou de fartar-se de porcarias.

Ele apenas se tornará consciente de que, se um adulto vier com intimidades, "coisas de adulto", isto está errado. Além do mais, se a criança presencia em casa atitudes explícitas dos adultos, achará normal executá-las longe dos pais, por mera curiosidade.”


Aqui embaixo deixo o link de alguns blogs que estão nesse coletivo, proposto pela Luma. Leia, faça parte.

Amigos da Blogosfera, Luz de Luma, Lys, Andréia Motta, Tânia Defensora, Sahmany, Carlos Fran, Cidão, Rosane, Claudia Pit, Leonardo Rocha Pena, Mário Leal, Ronald, Jorge Araujo, David Santos, Chicoelho, Tito Lívio, Marco Ferreira, Rafael Rap, Taliesin, Ru Correa, Carlos Jr., Maria Augusta, Simone Zelner, Luci Lacey, Vitória, Evellyn, Cilene Bonfim, Veridiana Serpa, Silvano Vilela, Grace Olsson, Lino Resende, Elisabete Cunha, Dullim, Daniela Pontes, Chá verde com limão, Aninha Pontes, Júnior (Frigideira), Allison Aju, Patty (Palavras), Fabíola, Meiroca, Fábio Max, Rodrigo Villasboas, Diego Pacheco, Nemias, Letícia Coelho, Lúcia Freitas, Rui Nelson, Sonia, Flávio (Opiniaum), Victor Fontana, Samantha Shiraishi, Bruna Splendore (Aliciante) Marcos Pontes, Luciane, Príncipe Tito, Sérgio Ricardo, Teresa Freire, Dª Anja, Roberto Balestra, Dario Velasco, Juca, Sérgio (Em branco e Preto), Mirella Matthiesen, Desabafo de mãe, Oscar, Flainando na web, Gente sem saúde, Pedro Ivo, Cilene Bonfim, Fabiana, Aline Silva Dexheimer, Val Barbieri, Juzinha, Dono do Bar (DB), Rosamaria, Flávia (Vivendo em Coma), Odele Souza, Lunna Montez'zinny, Nério Júnior, Paula Góes (Global Voice) Herika, Chuvinha, Georgia Aegerter, Adri-Dri-Drika, Olá, Maria, Ana Cranes, Leonor Cordeiro (Dança das palavras), O mundo encantado de Cecília Meireles, Madalena Barranco, Mara Fortuna, Luiza Helena, Mônika Mayer, Turmalina, Everson, Edson Marques, Maria Laura, Fernanda, Elvira Carvalho, Chawca, Jens, Ricardo Rayol, Amigona, Janaína de Almeida, Naldy, A Abiose Maringaense, Oliva Verde, Ziggy, Miguel, Rui Nelson, Heloisa, Maria Clarinda, Pegasus, Caleydoscope Eyes, Cristiane Fetter, Paula Barros, Rakel Macedo, Tony, Miosótis Óbidos, Lucas Ghellere, Sônia Horn Nascimento, Renata Christina, Cláudia, Sclair, Tati Sabino, Landinho, Ana Paula, Áurea, Garfio,Xico Lopes, Anunciação, Tina, Mutumutum, Karina, Lúcia Helena F. Moura, Teresa Freire, Raul Rudoisxis, Willian Mendes, Maria da Conceição Banza, Meyviu, Laura, Rosa Silvestre, Pata Irada, Parvinha, Sombra do Sol, Kleverson Neves, Jake, Euza Noronha, Arco-íris,
Ecclesiae Dei, Taty Ferreira, Júlio Moraes, Afonso, o Chato, Regina Célia Simões, Gighiggi, Tomavana, Cristina, Tanya, Daniel Mafinski Biz, Sophia Mar, Rodrigo Reis, Nadja, Luíza Gaivota, Ingrid, Sérgio Issamu, Antonio Madrid, Peciscas, Maria Augusta, Looking4good, Ricardo Cobra Martinez, Teo Victor, Gustavo Chaves, Pena, Sérgio Coutinho, Fernando Cury, Baby, Isabel Filipe, Ana Sofia, Andréa Sig Mundi, Sandra Mora, Marcos Santos, Gabriel Ruiz, Cármen Neves, Alanna Blogada, Lulu on the Sky, Gotinha, Denise BC, Joy, Maristela Bairros, Zé Lérias, Fernanda e poemas,. GuGa Flaquer, Zé Lérias, A fonte nova, Barca Nova

18 comentários:

  1. Grace Olsson14/02/2008 10:27

    RONALDO, VIM TE LER, PELA PRIMEIRA VEZ,C REIO.E GOSTEI DA FORMA PRÁTICA. ISSO É UMA PURA VRGONHA DE HOMENS TRAVESTIDOS DE HOMENS. NEM DE ANIMAIS PODEM SER CHAMADOS.
    BEIJOS E DIAS FELIES
    GRACE OLSSON
    www.eueorenascerdascinzas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ronaldo, é verdade que muitos pais são culpados, por omissão, por negligência, por indiferença, etc; porém, a criança contacta com outros familiares e professores, se estes estiverem bem informados, algém notará diferenças no comportamento e poderá fazer alguma coisa. Informação acima de tudo e castração quimica para os abusadores!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Tânia Defensora14/02/2008 13:35

    Oi Ronaldo!
    Estou retribuindo sua visita.
    A estória que contou se repete, principalmente num País como o nosso, onde muitos convivem com a miséria.
    Abs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Fernando. Também estou vindo conferir o teu blog pela primeira vez. A omissão é o pior de todos os crimes, não?
    Parabéns pelo texto
    Abraco

    ResponderExcluir
  5. Andréa Motta14/02/2008 14:41

    Vim ler o seu post, pois alguém criou um link para ele no meu blog! Achei sensacional a sua maneira de abordar o assunto! Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. universodesconexo14/02/2008 16:39

    Lindo seu post. Muito sensivel. Parabens pela bela participacao.

    bjs
    Lys

    ResponderExcluir
  7. Fábio Mayer14/02/2008 16:39

    Os pais não podem se omitir. Ser pai obriga uma pessoa a observar os passos do seu filho. O pai que não o faz, é cúmplice de todo o mal que afeta à criança.

    ResponderExcluir
  8. Carlos Fran14/02/2008 16:55

    Olá Ronaldo!
    Primeiro queria te dá os parabéns por relata uma história que acontece e às vezes passa despercebida. Por muitos fatores, um deles, a nossa falta de observação e dialogo.
    Temos problemas graves na nossa sociedade e quem sabe com muita informação, uma educação de maior qualidade consigamos resolver alguns ou pelo menos amenizar.

    Obrigado pela participação e por divulgar o Amigos Da Blogosfera.

    Abraço
    --
    Carlos Fran
    AmigosDaBlogosfera.org

    blog pessoal: carlosfran.com

    ResponderExcluir
  9. elisabete cunha14/02/2008 17:49

    Perfeito!!
    Gostei muito!

    ResponderExcluir
  10. Sombra do Sol14/02/2008 18:49

    Boa noite amigo, nosso mundo da blogosfera é fascinante, sozinhos não somos nada, mas unidos temos forças para mover toda sociedade, pena que nem todos pensam assim.
    A pedofilia é um crime hediondo, os pedófilos devem ser julgados e severamente punidos, não sei é se nossos governantes pensarão da mesma maneira. Pois se até mudam as leis para proteger alguns. Parabéns pelo seu post, muito bem elaborado. Abraços fraternos do amigo.

    ResponderExcluir
  11. Alô Ronaldo!
    Parabéns pela maneira que aborda o tema. A história é bem didática.
    Eu e a Tânia (Tânia Defensora) temos um filho de 4 anos e procuramos estar bastante atentos a essa coisa terrível que se espalha pela nossa sociedade.
    A mesma internet que nós usamos para bem, muitos usam para aliciar crianças inocentes.
    Em sendo crime, espero que os praticantes sejam tratados como criminosos.
    Parabéns pelo seu post.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Ronaldo, e pensar que essa história acontece demais!
    Gostei do modo como abordou o assunto. Ilustrando fica mais fácil a compreensão, só não entendi o título que deu à postagem. Foi proposital??
    Obrigada por participar!! Beijus

    ResponderExcluir
  13. Rapaz... curti pacas a forma como escreveu a história. Certamente, é mais normal do que a gente imagina... e os pais aí, sem nem ligarem. Lamentável.

    Tbm não entendi o título. Tá falando da inocência dos pedófilos na justiça?

    ResponderExcluir
  14. Cara, li estes dias que um garoto de 14 anos espancou uma professoa e a mãe do moleque disse "não sei mais o que fazer com este moleques !".

    Eu acho que ela já fez ! TUDO ERRADO.

    Eu não gosto de pensar mal das pessoas, mas não consigo desejar coisas boas para essas pessoas. Por isso prefiro nem pensar nelas.

    abraços

    ResponderExcluir
  15. Ronaldo
    Texto muito bom e bastante real.
    Também participei da blogagem contra a pedofilia, foi maravilhosa e um grande sucesso!
    Um Abraço
    Denise BC

    ResponderExcluir
  16. Carol Rodrigues06/04/2008 14:52

    gostei do jeito que vc entrou no assunto.
    sabe, quando vc conta uma história e a pessoa tem como mentalizar, formar imagens, fica mais facil passar uma idéia!
    acho digno esse movimento, e acho mesmo que quanto mais pessoa falarem sobre o assunto, melhor!
    parabens pela iniciativa de parcipar , parabens pelo alerta e principalmente, parabéns pelo "modo" que vc falou do assunto!

    adorei o blog
    vou voltar

    ResponderExcluir
  17. NANDO DAMÁZIO14/04/2008 18:00

    1 ANO DEPOIS ..

    Qual foi, cara, desistiu da blogosfera ?? hehehe ..
    Precisa tirar a poeira disso aqui ..
    Abraço !!

    ResponderExcluir
  18. Ronaldo parabéns pelo texto é um tema muito polêmico é um mal que existe há muitos anos e que somente hoje estão combatendo esse mal mais de perto, pois devido à facilidade que a internet proporciona as trocas de imagens de abuso de crianças são trocadas por milhares de pessoas em todo o mundo. É um problema muito sério e que todos nos precisamos combater através de denuncia de pessoas suspeitas que pratiquem esse crime abominável e tão maléfico para nossas crianças que como nos tem o direito de serem "CRIANÇAS". Que espécie de adulto uma criança dessa vai se tornar? Depois de abusada sexualmente nunca mais será uma pessoa normal isso me dói tanto na alma saber que existem adultos perversos que abusão da inocência de uma criança. Mais uma vez parabéns vamos todos nos blogueiros escrever sempre sobre o assunto divulgar ao máximo esse fato tão triste, mas que infelizmente é uma realidade que está aí e temos que enfrentar, pois do jeito que pode acontecer com uma criança desconhecida, pode acontecer com um filho (a) nosso ou sobrinho (a), estamos todos nos sujeitos a ter um dissabor desses em nossa caminha neste mundo que a cada dia me decepciona com as crueldades humanos.
    Um forte abraço.
    Evaldo.

    ResponderExcluir

Não se intimide... comente!
Tenha sua identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade.