Meu medo de cachorro

Pra falar a verdade, não é assim um medo, chega a ser um pavor. E eu vou contar aqui como isso começou.

Não lembro desta história, quem contou foi minha mãe. Eu tinha 2 anos, já andava e corria pra todo lado como uma criança desta idade costuma fazer. Meu pai precisava arrumar algo no carro e me levou com ele até uma oficina.

Enquanto eles conversavam (meu pai e o mecânico), diz a história que fiquei andando por ali, e encontrei uma cadela que tinha acabado de ter filhotes, como curioso que sou até hoje, fui mexer nos cachorrinhos.

E adivinha o que aconteceu? A cadela mordeu meu rosto.

De verdade, eu não lembro de nada disso. A única coisa que sei, é que quando vejo um cachorro, eu não consigo nem explicar o que eu sinto. Salvo algumas exceções é claro (cachorros bonzinhos dos amigos).

Não, eu não tenho ódio dos bichinhos, e até penso em ter um algum dia, talvez, bem distante.

O meu problema é com os dogs que encontro pela rua, ou os que me surpreende. E esse tipo de cachorro costuma ser malvado, eles sabem que eu tenho medo, e utilizam dessa fraqueza para serem superiores... rs.

Você tem algum medo? Diz ai.

Imagem: Freepik

4 comentários:

  1. Simone de Mello20/10/2014 13:00

    Sim, tenho medo quando eles chegam perto para nos cheirar...aí penso "ele vai me cheira e perceber.que não me conhece e logo me morder".

    ResponderExcluir
  2. O pior, é que quando eles vêm e ficam me cheirando, eu fico paralisado, tipo o Chaves. Sabe? rs

    ResponderExcluir
  3. Renata De Mello Guirle20/10/2014 20:30

    Minha filha de 5 anos tá passando por isso... (calma !!! não to te zuando não...kkkkk) mas é verdade..ela tem profundo pânico mas já percebi que é pelos cachorros que latem sem parar...aqueles q ficam mudinhos ela nem liga...ela nunca foi mordida não...deve ser genético isso pq eu tb tinha pavor de cachorro qdo era criança...vamos ver até onde vai...kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Espero mesmo que não esteja me zoando... rs! Relaxa. O meu problema, é que tenho esse pavor desde criança, não passa. Espero que sua filha não cresça com isso.


    Obrigado pela visita. Bjos.

    ResponderExcluir

Não se intimide... comente!
Tenha sua identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade.